Escrito em por , na categoria Consumo e Produção Sustentáveis, Energia Limpa e Acessível, Fome Zero e Agricultura Sustentável.

8716-ISA ISO 14001 é uma norma que define os requisitos para implementar um sistema de gestão ambiental auxiliando as empresas à obter sucesso a longo prazo gerenciando seus aspectos e impactos ambientais e criando alternativas para contribuir para um desenvolvimento sustentável.

Objetivos chaves de um sistema de gestão ambiental conforme ISO 14001:15

  • Definir uma estrutura para proteção do meio ambiente;
  • Possibilitar respostas as mudanças das condições ambientais em equilíbrio com as necessidades socioeconômicas;
  • Determinar  os requisitos mínimos que permitam alcançar os  resultados pretendidos do sistema de gestão ambiental;
  • Auxiliar no gerenciamento do atendimento aos requisitos legais aplicáveis;
  • Aumentar o desempenho ambiental;
  • Controlar e/ou influenciar as partes interessadas utilizando uma perspectiva de ciclo de vida;
  •  Comunicar as informações ambientais as partes interessadas pertinentes.

As principais mudanças da norma – ISO 14001:15

  • Adoção do anexo SL (Estrutura de Alto Nível), que define os requisitos e a estrutura da norma:
    1. Escopo;
    2. Referências Normativas;
    3. Termos e Definições;
    4. Contexto da Organização (SGA);
    5. Liderança (Responsabilidade da Direção);
    6. Planejamento (Responsabilidade da Direção);
    7. Suporte (Gestão de Recursos);
    8. Operação (Realização do Produto);
    9. Avaliação do Desempenho (Medição, Análise e Melhoria);
    10.  Melhoria (Medição, Análise e Melhoria).
  • Definição clara dos resultados esperados do SGA, tais como: melhorias do desempenho ambiental, cumprimento de obrigações de conformidade e atingir os objetivos ambientais;
  • Adoção do termo obrigações de conformidade que substitui a frase “requisitos legais e outros requisitos” os quais a organização subscreve;
  • Requisito explícito de pensamento baseado em riscos: efeitos potenciais adversos (ameaças) e efeitos potenciais benéficos (oportunidades);
  • Mais requisitos para a alta direção e demais níveis gerenciais;
  •  Adoção do termo “Informação documentada” ao invés de “documentos e registros”;
  • Novas cláusulas tais como:
    • “4.1. Entendendo a organização e seu contexto”;
    • “4.2. Entendendo as necessidades e expectativas das partes Interessadas”;
    • “5.1. liderança e comprometimento”;
    • “6.1. Ações para tratar riscos e oportunidades”;
    • “8.1. Terceirização”;
    • “9.1. análise e Avaliação”.
  • Eliminação de termos e requisitos específicos tais como: “Representante da administração, ação preventiva”;

Caso necessite de mais informações, entre em contato conosco, que estaremos à disposição para maiores esclarecimentos e apresentarmos nossos serviços de consultoria, treinamentos e palestras.