Escrito em por , na categoria Água Potável e Saneamento, Vida na Água.

No mundo atual a utilização da água é indispensável para qualquer atividade humana. Beber, cozinhar e lavar, mais ainda para a produção de alimentos, papel, roupas de algodão, e muitas outras, incessantemente, todos dias. Pegada hídrica. 

Hoje, muitas ferramentas já são utilizadas para análises seguras, porém o desenvolvimento de novas ferramentas deve ser constante.

Baseada nos princípios da análise de ciclo de vida, a Water Footprint, uma organização internacional sem fins lucrativos, cientes da necessidade e importância da aplicação de uma análise sobre um recurso de vital importância para a humanidade, vem desde 1992,  promovendo estudos relacionados ao consumo de água, na busca busca pelo desenvolvimento de medidas adaptativas.

A pegada hídrica foi um indicador criado para medir e analisar este consumo. Medir a quantidade de água gasta não apenas pelo consumo direto, mas também para aquele agregado a um produto consumido. Seu conceito é totalmente baseado na análise de ciclo de vida, a pegada é dividida em três tipos:

  • a azul, que mede o volume das águas de rios, lagos e lençóis freáticos, usualmente utilizadas na irrigação, processamentos diversos, lavagens e refrigeração;
  • a verde, que se relaciona à água das chuvas, necessária ao crescimento das plantas;
  • e a cinza, que mede o volume necessário para diluição de um determinado poluente até que a água em que este efluente foi misturado retorne a condições aceitáveis, de acordo com padrões de qualidade estabelecidos.
A pegada hídrica como ferramente para evitar o “invisível”

A maior preocupação do indicador é pelo fato desse consumo ocorrer de duas formas: a direta, quando alguém abre a torneira para realizar alguma ação; ou a indireta, via aquisição de objetos de consumo, como roupas, produtos alimentícios, etc.

O problema dessa segunda forma é que ela passa despercebida pelas pessoas. Isso porque não é intuitivo que, ao consumirmos os produtos, neles estejam embutidos volumes gigantescos de água para sua produção.

Segundo dados do estudo Água: Debate estratégico para brasileiros e angolanos feito pelo professor doutor da USP, Maurício Waldman, a agricultura é, de longe, a que mais gasta água (entre 65% e 70% do consumo), seguida pela indústria (24%) e pelo uso doméstico (entre 8% e 10%).

Por isso a importância desse indicador, que alerta para o gasto “oculto” de água e busca conscientizar as pessoas que o fator da água é muito relevante nas opções de consumo de cada um. Para tornar mais clara essa relação entre consumidor e produto, a pegada hídrica propõe mostrar o volume de água gasto em cada produto, oferecendo condições ao consumidor de optar pelo produto que se apresente como mais econômico e, como consequência, seja uma maneira de estimular fabricantes a reduzir, em seus processos de produção, o uso desse recurso tão importante.

pegada hídrica de produtos tradicionais

Você consome sem perceber. Infográfico mostra a quantidade de água necessária para produzir alguns itens do nosso cotidiano. Fonte: Planeta Sustentável.

Exigências

Outra ideia da organização é criar um projeto de lei que obrigue os fabricantes a apresentarem, nas embalagens dos seus produtos, rótulos indicando a quantidade de água gasta em sua produção. Essas propostas da organização surgem na tentativa de reduzir problemas relacionados à escassez de água, que segundo o relatório da Water Footprint, chega a afetar, pelo menos um mês por ano, mais de 2,7 bilhões de pessoas.

E essa preocupação quanto à pegada hídrica deve compreender a origem, a quantidade e a qualidade da água, pois é muito importante observá-la a partir dos mananciais e rios, que marcam o início de sua trajetória. Isso porque em caso de contaminação por resíduos mal depositados ou problemas em tubulações, a água contaminada tende a espalhar-se por residências, com efeitos imprevisíveis ao ser consumida.

Além das ideias apresentadas pela organização, a diminuição no consumo e maior conscientização da população podem se dar pelo surgimento de novas tecnologias capazes de criar meios para economia, como sensores de presença que suspendem a vazão quando ela não é necessária, captação de água da chuva, temporizadores, dentre outras alternativas para o consumo mais responsável.

Aproveite também para testar a sua pegada hídrica. O site da Water Footprint apresenta uma espécie de calculadora que, baseada em informações sobre seu consumo, informa o tamanho da sua pegada hídrica.

Alguns fatos e números
  • A produção de um quilo de carne bovina exige 15 mil litros de água (93% verde, azul 4%, 3% cinza da pegada hídrica). Há uma variação enorme em torno dessa média global. A pegada para um corte de carne depende de fatores, tais como o tipo de sistema de produção e da composição e origem da alimentação do gado. [relatório download]
  • A Pegada Hídrica de um Soja-Burgers hambúrguer de soja de 150 gramas produzido na Holanda é cerca de 160 litros. m hambúrguer de carne do mesmo país necessita cerca de 1000 litros. [relatório download]
  • A Pegada Hídrica do consumo chinês é cerca de 1070 metros cúbicos per capita, por ano. Cerca de 10% da Pegada Hídrica chinesa cai fora da China. [relatório download]
  • Brasil, com uma pegada de 2027 metros cúbicos per capita, por ano, tem cerca de 9% da sua Pegada Hídrica total fora das fronteiras do país. [relatório download]
  • Portugal, com uma pegada de 2505 metros cúbicos per capita, por ano, tem cerca de 60% da sua Pegada Hídrica total fora das fronteiras do país. [relatório download]
  • A Pegada Hídrica dos cidadãos dos EUA é 2840 metros cúbicos per capita, por ano. Cerca de 20% dessa Pegada Hídrica é externa. A pegada maior de água externa do consumo nos EUA encontra-se na bacia do rio Yangtze, na China. [relatório download]
  • A Pegada Hídrica global no período 1996-2005 foi de 9087 Gm³/ano (74% verde, azul 11%, e cinza 15%). A produção agrícola contribui 92% para esta pegada total. [relatório download]
  • Escassez de água afeta mais de 2,7 bilhões de pessoas para pelo menos um mês a cada ano. [relatório download]

Para informações sobre serviços de inventário e análise de pegada, nos contate, agende uma reunião.

Referências:

[1] Pegada Hídrica – Site visitado em 24/05/2017 – Link: www.pegadahidrica.org

[2] Water Footprint – Site visitado em 24/05/2017 – Link: http://waterfootprint.org/en/