Escrito em por , na categoria Energia Limpa e Acessível, Indústria, Inovação e Infraestrutura.

A envoltória protege o interior da edificação. Edifícios ineficientes são quentes no verão e frios no inverno. Por isso, a eficiência tratada vai além da redução nos gastos com energia. Dada a extensão territorial do Brasil, com diferentes realidades climáticas, estratégias distintas deve ser analisadas. E é isso que a etiqueta reflete.

Os princípios  do PROCEL 3E para a envoltória

A etiqueta se divide em analisar por segmentos alguns pontos importantes no que diz respeito a envoltória do edifício.

  • Transmitância da cobertura e de paredes – É a taxa de transmissão de calor através das paredes provocada pela diferença de temperatura entre os ambientes.
    No caso, jardins verticais ou coberturas verdes podem ser a solução para chegar a essa eficiência. Dependerá da disponibilidade de utilizar essa solução no projeto. Outras tecnologias podem ser usadas.
  • Cores e absortância de superfícies – Absortância é a radiação absorvida por uma superfície divida pela radiação incidente sobre ela.
    Cores mais claras iluminarão os ambientes e absorverão menos calor, reduzindo o gasto energético e regulando a temperatura. Proteções externas também são uma opção. Novamente, em cada projeto, uma ação diferente.
  • Iluminação Zenital – É a entrada de luz natural nos ambientes a partir de aberturas criadas na cobertura do edifício. Em prédios já construídos, esta opção pode ser relevada, pela dificuldade nas alterações estruturais necessárias.

As vantagens

O selo Procel garante esse dinamismo e acessibilidade em adaptação, não sendo necessários padronizações nas soluções a serem usadas.

Além disso, programas de incentivo como o Finem, do BNDES, e o Programa de Eficiência Energética da ANEEL, possuem linhas exclusivas de créditos que podem auxiliar na execução das modificações.

A  seguir, o segundo episódio da série, a “Etiqueta Nacional de Conservação de Energia – Envoltória”:

Conteúdo original procelinfo.com.br. Para saber mais sobre os objetivos de desenvolvimento sustentável clique nos links ODS 7 ou ODS 9. Para parcerias e meios de implementação (ODS 17) entre em contato conosco clicando aqui.