Escrito em por , na categoria Energia Limpa e Acessível.

A produção de biodiesel no país vem oscilando durante os últimos anos. A safra de soja do ano determina a quantidade de óleo de soja disponível para a produção. Agora, o governo brasileiro espera anunciar até o fim deste ano, a antecipação, para março do ano que vem, do aumento da mistura de biodiesel no diesel, dos atuais 8 para 10 por cento.

E dessa forma, nós trouxemos aqui uma breve resumo do que é, e como é produzido um dos biocombustíveis mais ascendentes dos últimos anos. E deixamos a pergunta, será que nossa produção conseguirá atingir esta meta?

Do que é feito o biodiesel?

O biodiesel é um combustível biodegradável derivado de fontes renováveis como óleos vegetais e gorduras animais. Para produzi-lo, o óleo retirado das plantas é misturado com álcool, ou metanol, e depois estimulado por um catalisador. Depois o óleo é separado da glicerina, usada na fabricação de sabonete, e posteriormente filtrado.

Existem diferentes espécies de oleaginosas no Brasil que podem ser usadas para produzir o biodiesel. Entre elas estão a mamona, o dendê, a canola, o girassol, o amendoim, a soja e o algodão.

Para entender melhor…

As mistura entre o biodiesel e o diesel mineral é conhecida pela letra B, seguida do número que corresponde a quantidade de biodiesel na mistura. Por exemplo, se uma mistura tem 5% de biodiesel, é chamada B5, se tem 20% de biodiesel, é B20. A utilização do biodiesel puro ainda está sendo testada, se for usado só biodiesel, sem misturar com o diesel mineral, é chamada de B100.

Conheça o processo de produção de biodiesel

Para ficar ainda mais claro, o vídeo a seguir, feito pela Embrapa Agroenergia, mostra todos os processos envolvidos e as matérias primas que podem ser utilizadas para produzir o biodiesel:

Um reator em vidro permite visualizar todas as etapas de produção do biocombustível. E nós já falamos de biodiesel aqui, se você se interessar, clique aqui e leia o material.